Comidas TípicasCulinaria InternacionalReceitas FáceisReceitas Salgadas

PIRÃO DE PEIXE

INGREDIENTES

  • 300 g peixe (pintado/tambaqui) ou cabeças que sobram
  • 250 g farinha de mandioca
  • 2 tomates maduros picados
  • 2 cebolas picadas
  • 1/2 pimentao picado
  • 3 tabletes de caldo de camarão
  • 2 colheres de sopa de colorau
  • 1 pimenta de cheiro picada
  • 1 pimenta malagueta picada (opcional)
  • Pimenta-do-reino a gosto
  • Sal a gosto
  • 6 colheres de sopa de azeite de dende (ou azeite de oliva)
  • 2 litros de água
  • Cheiro verde

MODO DE PREPARO

  1. Colocar todos os ingredientes picados (exceto a farinha de mandioca e o cheiro verde) em uma panela de pressão.
  2. Quando começar a ferver deixar por aproximadamente 40 minutos.
  3. Após, coar o líquido em peneira fina passando uma colher para aproveitar ao máximo, descartando as sobras.
  4. Passar o caldo para outra panela e antes de ligar o fogo adicionar a farinha aos poucos, mexendo para não empelotar.
  5. Levar ao fogo sempre mexendo, após iniciar fervura deixar aproximadamente 10 a 15 minutos.
  6. Provar o sal, acrescentar o cheiro verde, caso queira o pirão mais duro acrescentar mais farinha aos poucos.
  7. Passar para uma travessa, colocar cheiro verde em cima.
  8. Fica ótimo com arroz branco e peixe ensopado.

INFORMAÇÕES ADICIONAIS

  • Que peixes são um alimento nutritivo e saboroso, nós já sabemos. Isso porque eles possuem uma série de benefícios, além de cair super bem em uma grande variedade de receitas de dar água na boca – afinal, como resistir a um delicioso pirão de peixe? Em nosso blog, vamos te mostrar que o peixe pode ser aproveitado até a carcaça! Pois é, indo além das suas partes comumente utilizadas, descobrimos que a palavra “desperdício” pode passar longe quando se trata dos peixes, que além de incrivelmente deliciosos, são alternativas sustentáveis. Ficou curioso para saber como aproveitar a carcaça de peixe na sua receita de pirão e as várias finalidades que o peixe pode ter no seu dia a dia? Então vem conferir porque é bem interessante!